sexta-feira, outubro 10, 2008

Eagle Eye em antestreia


Olhos de Lince foi a tradução que deu este Eagle Eye. Fui vê-lo com grandes expectativas, não só pelo facto de ter visto um trailer promissor, como pela participação de Billy Bob Thornton e principalmente pelo Shia LaBeouf.
Sim, este rapaz de 22 anos é para mim o Cristiano Ronaldo de Hollywood, muito jovem e já a dar cartas no mundo do cinema. Tem uma presença muito agradável, tem grande expressividade e tem talento, que se for bem explorado, terá um grande sucesso daqui para a frente.
Este filme não será o melhor para se avaliar as suas capacidades representativas, uma vez que tudo se passa a 1000 à hora, nem dá tempo para se apreciar ou perceber se existe alguma complexidade naquela personagem. Sim, é um daqueles filmes que se espirramos, perdemos uns segundinhos e pronto, ficamos à nora.
De repente, quase do nada, existem cenas de acção vertiginosas, exageradas mesmo, em se fica colocado à cadeira, e logo depois temos cenas mais comedidas. O filme vive destes altos a baixos em termos de velocidade na acção. No entanto, todo o argumento é contado de forma alucinante, foi imprimido um ritmo muito acelerado em todos os diálogos, o que faz com que se perca a profundidade do argumento.
A ideia também já não é original o suficiente para surpreender. Não deixando de ser um tema actual, coloca-nos a pensar sobre a evolução tecnológica. Um Big Brother à escala mundial, é o que aqui se apresenta. Pior é pensar que esta ideia surgiu da cabeça do tão criativo Steven Spielberg.
É nos apresentado um rapaz que recebe em casa um arsenal de material ligado ao terrorismo, e logo de seguida atende um telefonema a dizer que acabou de ser activado e a voz do outro lado começa a dar instruções, a partir daqui a sua vida muda completamente. Até aqui fica-se muito empolgado para tentar perceber o que acaba de se passar. Mas com o avançar da acção, à medida que se vai percebendo o que está por detrás desta trama toda, fica-se um pouco desiludido. Pelo menos eu falo por mim. Nem o final me satisfez…
Acho que se o argumento fosse um pouco mais comedido, onde houvesse tempo para explorar as personagens, os diálogos fossem menos vertiginosos, só se teria ganho com isso.
Mas se é acção pura e dura que se procura num filme, este fará as delícias de qualquer um.

Ficha Técnica
Título português: Olhos de Lince
Título original: Eagle Eye
Realizador: D.J. Caruso
Descrição: Jerry e Rachel são dois estranhos que se cruzam por causa de um estranho telefonema de uma mulher que não conhecem. Ameaçando a sua família e amigos, essa estranha mulher manipula Jerry e Rachel, fazendo deles meros peões do seu jogo diabólico. Eles tentam fugir, mas a estranha controla todos os seus passos, antecipando cada movimento.
Actores: Shia LaBeouf, Michelle Monaghan, Rosario Dawson, Billy Bob Thornton, Michael Chiklis
Género: Drama, Acção
Ano de Lançamento: 2008
Duração: 118 minutos
Classificação: Maiores de 12 Anos
Classificação (de 0 a 10): 7


Eagle Eye trailer

3 notas celestiais

- - pedro242 - - disse...

Eu ando indeciso entre uma wii e uma passadeira de corrida ou máquina de remos, eheheh

O problema é que as ultimas duas ocupam muito espaço, e esse é o grande problema aqui em casa.

Que exercícios mais movimentados consegues fazer ?

E exercícios mais vocacionados para o sexo masculino, quais os mais interessantes ?

bjs e que não percas o entusiasmo e a vontade ....

CSS disse...

Olá Star.

Uma amiga minha, atribuiu-me um prémio, "Este blog vicia". Como tenho de passar a cinco blogs que visito - o que é injusto, pois são tantos - quero que o teu seja um deles, pois gosto das criticas que fazes aos filmes que vês, às séries.

E de facto, quem lê o teu blog, sabe que ele vicia!

Beijinhos.

The Star disse...

Pedro, a wii não tem nada parecido com uma máquina de remos, tem exercícios de jogging, aeróbica, yoga, vocacionados com manter a massa muscular, entre muitos outros.
A própria consola avisa que não é uma substituta do exercício físico do ginásio, mas para quem tem uma vida sedentária e tem a chamada preguiça, é um bom começo.
Os exercícios acabam por nos divertir imenso, aos vermos as figuras que os outros e nós próprios fazemos.
O vídeo que publiquei demonstra muito bem a utilidade e os exercícios da Wii Fit. Mas até os jogos do pack Sports, que vem com a consola, puxam pelo cabedal de uma pessoa. :p
Já agora, comentaste o post errado, eheheh. ;)

CSS, obrigada pelo prémio que atribuíste ao meu blog e pelos elogios que lhe teceste. Fiquei muito feliz com esta distinção. :)
Já passei o testemunho aos próximos 5 blogs.

Beijinhos aos 2.

3 notas celestiais