segunda-feira, junho 05, 2006

30 Seconds To Mars – a minha nova paixão


Ontem tirei a tarde para vegetar no sofá em frente à TV, como já não fazia há algum tempo. Tinha uns DVD’s para ver e aproveitei, por que gosto muito de uma tarde bem passada, a ver uns bons filmes.
Estive a ver o Alexandre, o Grande. Como ando numa de acompanhar a carreira do Colin Farrell, vi o filme. Eu não sabia é que o Jared Leto, também, contracenava com o Colin. Uma excelente surpresa.
Desde o My So-Called Life, a 1ª série onde eu o vi actuar, que reparei nele. Ele é muito girinho, isso é verdade. Tem um ar de menino apesar de já ter quase 35 anos (quem diria!). Em 1997, a revista People elegeu-o uma das 50 pessoas mais sexy’s do mundo (só um aparte, eu também acho. :P).
Desde 1994, ano de estreia do My So-Called Life, o Jared tem feito alguns filmes mais ou menos bem sucedidos. Mas, para pena minha, não tenho tido muita oportunidade de os ver. O último que tinha visto, foi o Senhor da Guerra no qual ele é o irmão mais novo do Nicholas Cage.
Mas o nosso amigo tem outra faceta, que eu só descobri há pouco tempo. Ele é o vocalista de uma banda rock, os 30 Seconds to Mars. Já estive a ouvir o último álbum deles, e só tenho a dizer que é excelente. O Jared é o vocalista e tem uns pulmões de invejar qualquer um. Tocam essencialmente rock alternativo e metal progressivo.
A banda foi criada em 2000, pelo próprio Jared e pelo irmão mais velho Shannon. O Jared acumula as funções de vocalista e guitarrista, o irmão é o baterista. Tudo começou com sendo um projecto familiar, mas as coisas foram e mais tarde os restantes membros foram-se juntando à banda.
A sua música tem influências de Pink Floyd, KISS e Alice Cooper.
O nome da banda é inspirado no mundo contemporâneo, sugerindo que estaríamos a alguns segundos de escapar desse ar mundano. Numa entrevista Jared explicou o porquê do nome da banda: “Para nós, o nome 30 Seconds To Mars tem a ver com o espaço, o universo ou qualquer outra coisa relacionada com isso. É uma representação do nosso som. É uma frase musical, sugestiva, cinematográfica e inspiradora. Na verdade, o nome vem de uma tese que achei num site de um professor de Harvard. E uma parte da tese foi intitulada de 30 Seconds To Mars, e dizia que nós estamos literalmente a 30 segundos de Marte.”
O logo da banda é muito interessante e tem significado. É uma Fénix, à qual deram o nome de Mythra e contém a frase “Provehito In Autumn” que é o mote da banda, se tens uma meta há que ir até ao fim para a conseguir alcançar. O logo contém ainda 4 Glyphos (símbolos) que, apesar de eles ainda não terem o confirmado, provavelmente representam o nome da banda: o 1º Símbolo – significaria 30, o 2º Símbolo – os ponteiros de um relógio representando os segundos, o 3º Símbolo – um número romano invertido que seria o 2 que em inglês ficaria “to” e o 4º Símbolo – o desenho de Marte, e suas duas luas, Phobos e Deimos.
A banda tem um grupo de fãs, os Echelon, que os ajuda promover a sua música e a passar a sua mensagem. Echelon é um termo militar e significa “atacar em ondas” ou algo parecido. Foi usado por Napoleão nas Guerras Napoleónicas. No caso da banda, ajuda-os a passar a palavra deles.
Apesar de ser actor, Jared prefere não usar isso como promoção da banda, ele recusa mesmo actuar em eventos que usem a sua fama como actor para promover os seus shows musicais.
Vão já no seu 2º álbum e este útlimo intitula-se A Beautiful Lie. E Jared explica: “No primeiro CD, nós criámos um mundo e escondemos-nos atrás dele. Com A Beautiful Lie, estava na hora de tratar um pouco mais dos assuntos pessoais. O novo CD fala sobre brutalidade, honestidade, o crescer e o amadurecer de cada um, a mudança. Uma viagem emocional, a história da vida, amor, morte, dor, alegria e paixão. É a história do que é ser-se humano".


Gostei destas palavras bonitas. Não sabia que a banda era, assim tão introspectiva. Acho que vou ouvir o CD todo novamente e prestar muita atenção às letras das músicas.
Elejo como melhores músicas do álbum: Attack, The Kill, Was It a Dream? e a melhor de todas A Beautiful Lie.



5 notas celestiais

João Silva disse...

Não conhecia! mas vou ver isso!
Mas descobri uma outra banda de um actor conhecido que me surpreendeu muito e que oiço regularmente. Chama-se "30 Odd Foot Of Grunts" ou simplesmente pelas iniciais (TOFOG, e pertençe ao actor e excelente vocalista Russell Crowe.
É muito bom! É rock...mas, é algo diferente.....
O melhor é mesmo ouvir para perceber!

musicas como "What you want me to foguet?" e "circus" são dois bons exemplos entre muitos outros que vale a pena ouvir!

The Star disse...

Que giro, não sabia que o Russel Crowe também tinha uma banda. Hum, agora que penso nisso, acho que já tinha ouvido rumores, mas não conheço de todo a sua música.
Vamos combinar uma coisa? Tu ouves os 30 Seconds To Mars e dizes-me o que achas, e eu vou ouvir os TOFOG e faço o mesmo.
Gosto muito de alargar os meus horizontes musicais. Obrigada pela dica.

João Silva disse...

Em termos de alargar horizontes já somos 2!
Tá combinadíssimo...só não prometo é que te possa responder ainda esta semana. Logo se vê!

E já sabes, vai dando dicas (fiquei fã do afterglow), sempre que ouvires algo que valha a pena apita! ok bjs

The Star disse...

Bem, algo que valha a pena... eu sou uma amante de música, como tal tenho sempre uma música qualquer que gosto de recomendar.
Estou a preparar uma publicação sobre as minhas músicas favoritas do momento. Depois vês!!

Lineker disse...

OLHA SOU UM GRANDE FÃ DO 30 SECONDS TO MARS...
MAIS TAMBEM SOU UM GRANDE ADIMIRADOR DA ALQUIMIA PORTANTO TENHO UM POUCO DE CONHECIMENTO...
E OS SIMBOLOS QUE TEM NO LOGO DO 30 SECONDS TO MARS SAO SIMBOLOS USADOS NOS CIRCULOS DE TRANSMUTAÇAO NA ALQUIMIA.
SERÁ QUE ELES TBM GOSTAM?

5 notas celestiais